quinta-feira, 26 de janeiro de 2006

Quando envelhecer quero uma
Casa branca em frente ao mar enorme,
Com o teu jardim de areia e flores marinhas.

Porque
minha alma é feita de maresia.

7 comentários:

Elcio Domingues disse...

Não, Tamara!

Sua alma sempre terá o olor fresco e suave das flores novas.

Beijos!

Elcio.

Caíla disse...

Oi tamara!!! O que é simpatia de giz? Um abração

reflexoes depois disse...

Tks pela explicação, querida!!! E pela visita ao meu espaço também! Um beijo

LALI disse...

Passando p/ conhecer seu blog... Bastante original! Vc escreve muito bem e tem estilo próprio... Parabéns!

Edson Marques disse...

Tamara,

por que só "depois que envelhecer"?


Vá morar em frente ao mar agora, logo, já...



Abraços, flores, estrelas.

Edson Marques disse...

Tamara,

por que só "depois que envelhecer"?


Vá morar em frente ao mar agora, logo, já...



Abraços, flores, estrelas.

dontanalise disse...

que lindo...essa casa é lá em natal, onde uma brisa fresca me enche de emoção e alegria.basta ouvir o barulho das ondas para a memória ser invadida de saudade.lá, magicamente, você apanhou as minhas conchas, e fez castelos de areia e sonho que nenhum mar bravo e terreno irá derrubar.beiju fofucha.