sexta-feira, 22 de setembro de 2006

Cícero saiu de sua pacata cidadezinha para estudar e lá deixou o seu grande amor.
Na cidade grande ficou conhecido por Padre Cícero, após formação em Teologia e Filosofia e por servir à comunidade.
No pacato seminário estão guardadas as saudosas cartas de amor à Carlos Manoel.

Será que Cícero realmente saiu de sua cidade para estudar? Ou para não ser crucificado pelo preconceito?

Um homem que mente para si e para seus fiéis consegue ser verdadeiramente feliz?

Qual é a dificuldade que as pessoas sentem em assumir seus verdadeiros sentimentos e suas verdadeiras identidades?

Um comentário:

Adão Flehr disse...

Mais do que pela personalidade e pelo carater, nós somos as escolhas que fazemos. Estas escolhas é que fazem o que chamamos de destino. Não é menos louvável a fé de seus crentes pelo fato dele ter tido uma escolha a fazer no passado. Aí está o ponto: Ser padre em outra cidade, talvez não tenha sido uma fuga, antes uma escolha...
O amor de um filho de um casal que fez uma escolha errada, nem por isto é menos nobre...

----

Hoje fui eu q comentei demais!!!
---

Saudades,

b-jos