terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Photo by Tamara Queiroz

Uma supernoite escura, um céu hiperestrelado, nunca visto ante aquele dia em Barra do una, e um violão tocando baixinho na minha mente.

Vê como a vida é feita de puro estar?



Um comentário:

Eliana disse...

Isso me lembra um grande amor que tenho!!!!
Obrigada por me lembrar...
Beijosss