sábado, 30 de agosto de 2008

Diário de bordo

O dia presente:

Da alavanca à catapulta.
Muito bem articulado!

O dia passado:

O círculo de luz que coloriu, momentaneamente, o meu sorriso amarelo.
O Halo Solar foi quem me fez a(es)quecer a falta de respeito de outrém para comigo.

O dia futuro:

A sabedoria natural do meu corpo lê o arrepio sutil nos olhos dele.
Aquele seu abraço monu-mentalMENTE que reservas para mim.

Como um dia é diferente...


2 comentários:

tuh disse...

arrepio sutil
zcvhjshdfjksdjfl, MANO..MA-NO

Janete Cardoso disse...

Isso mesmo, esperança!
beijinhos!