segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Colares

E pendurou no pescoço a excrescência acerada de uma experiência mal sucedida para lesar a pele sensível ao andar... como recordação, é óbvio!

Quantos colares possui?



Um comentário:

Guria disse...

No meu caso tenho colares incontáveis... o peso já passou de algo humanamente correto.
Estou aqui novamente querida, senti saudades.

Beijo grande