sábado, 6 de dezembro de 2008

Surpresa

Dannutti andava pela rua com um prazer estranho. Sentou-se na escadaria. Discou para um número e deitou-se numa cama misteriosa com um desconhecido - o seu noivo nunca desconfiou. Três anos se passaram e ela descobriu que fora traída. Não pôde perdoá-lo. Não pela traição. Mas por ele não ser capaz de guardar um segredo.



7 comentários:

Janete Cardoso disse...

É, os homens não são bons em camuflar-se.

Ficou lindo o blog! :)
beijos

Ordisi Raluz disse...

Texto de fato intrigante.

Beijos surpresos.

Guria disse...

Huahuahuahauha... adorei, sabe que hoje em dia nem acredito mais em pessoas fieis e homens apaixonados... sou realista, isso é coisa antiga... hoje ninguém é mais de ninguém.

Beijos querida

Efêmero Delírio disse...

Carinha nova!!!
Gostei!
Parabéns,
Bjs,

Felipe Fanuel disse...

Oi Tamara,

Adorei o novo template do seu blog. Parabéns!

Aproveito para dizer que a vida é sem graça sem segredos.

Beijos pra ti.

herbert disse...

Adorei o blog Tamara!!!

Pessoal, é o seguinte: devemos ser LEAL E NÃO FIEL. FIDELIDADE não significa AMOR!!

Thiago Duarte disse...

Passou a perna...