sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Fundidos

Lendo um livro. Tevê ligada. Porta abrindo. Outra se fechando. Criança roncando suavemente. Barulho lá fora. Meia noite e vinte. Sinto as páginas. Devoro as palavras. Ouço o meu raciocínio. Leio a ideia alheia. Imagino cenários. Percebo imagens. Minha mão esquerda pousada na parte superior do livro e a direita segurando a parte de baixo. Um ciclo, as batidas do meu coração... Quase silêncio. Agora somos só nos dois. Agora somos um.








Ler não é só adquirir conhecimento
ou experiência de vida.
É também a possibilidade de ter outra vida,
de viver o imaginário
– SÉRGIO SANT'ANNA.




Clique aqui para saber o que leio.



Um comentário:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Tamara linda, ei, psiu...

Incrível a forma que você consegue destilar emoção em cada linha...

Lindo e lindo!

Agradecemos a sua participação na votação, viu?

Beijo imenso, menina querida do meu coração.

Rebeca


-