domingo, 22 de abril de 2007

INDIG-NAÇÃO

Registro aqui
a minha indignação
pelo aumento
da passagem
de ônibus
para R$2,30.

Isto é o cúmulo!

9 comentários:

Elcio Domingues disse...

Tamy, o q mais me preocupa é aquela jovem senhora e sua meia dúzia de filhos, com a passagem nesse preço! Pobre mãe, pobres criancinhas! hahaha!!! Sumiu, hein!

O q andou fazendo? CONFESSE, VAMOS! rs.


Bjs e uma ótima semana, Tamy!

Elcio Domingues.

Alysson Amorim disse...

Oi Tamara.

Vixi! Por aqui cobram R$ 2.00 pra andar em um lata de sardinha cheia de adolescentes comentando sobre as novidades da MTV e de tias conjecturando sobre o tempo.

Não deixa de ser engraçado. Semana passada, por exemplo, duas mulheres conversavam no banco de trás.

A primeira: Menina, estou precisando de um advogado.

Eu, curioso, levantei as orelhas pra ouvir.

A segunda: Ah, é, porque precisa de um advogado?

- É que preciso tirar carteira. Faz cinco anos que estou tentando passar no psicotécnico e não consigo. Vou entrar na justiça.

Deu vontade de virar e sugerir:

- Minha senhora, me desculpe intrometer mas a senhora está precisando é de um psiquiatra, não de um advogado.

Mas fiquei calado.

=)

Boa semana pra você. Tamara.

Alysson Amorim disse...

Ahh, esqueci de dizer.

Não reclame do preço.

Ônibus é cultura.

Um show de humor sobre quatro rodas.

Tamara disse...

Só se for humor negro, Alysson!

(risos)

Aqui em São Bernardo, existe um monopólio, apenas uma empresa circular nas ruas da cidade.

Esta empresa SUPER fatura e não tem a mínima qualidade.

Sabem o que ela faz? Registra na plaquina de assentos apenas a capacidade de passageiros sentados, mas o nº de passageiros "permitido" para ficar em pé não é registrado, por que será, hein?

O que mais me enfurece é ver pessoas aceitarem fazer propaganda desta merda de empresa, estampam lá seus rostinhos cínicos dizendo que andar de ônibus é melhor do que de carro, que dá para ler um livro, fazer amizades... TOLICE!

Jota Effe Esse disse...

Eu só queria saber o que leva as prefeituras a autorizarem aumentos absurdos de passagens. Beijos.

Edson Marques disse...

O transporte público coletivo deveria ser grátis.

Como era em Bolonha, Itália.

É possível.

Só vim te ler de novo.

Abraços, flores, estrelas..

Edson Marques disse...

Tamara,

esqueci-me de dizer: você foi a única a responder minhas questões do dia 27 de março!

Beijos!

Felipe Fanuel disse...

Tamara,

Eu também vivo me indignando aqui no Rio, com os aumentos anuais do preço do transporte em geral. É um absurdo mesmo!

Bjs.

Alysson Amorim disse...

Tamara,

Aqui pelo menos são sete. Sete famílias que controlam (se enriquecem) com as latas de sardinha ambulantes.