quarta-feira, 1 de fevereiro de 2006

Non Sapere


Seu primeiro beijo.
Sua primeira vez.
Seu primeiro filho.
Sua primeira separação.
E ela não sabia o que fazer.

4 comentários:

Line disse...

É pra tudo tem-se a primeira vez né.. infelizmente ou felizmente.
Tatá.. nós estamos bem, cheguei tranquila em casa.
A Dani me deixou um recado no orkut dizendo que está até hoje me esperando na pizzaria, eu vou lá sábado... se quiser ir me dê um toque ok...
O Juninho está aqui comigo, disse que tbm te adorou e está te mandando um beijo...
Se cuida menina.
Beijocas

Caíla disse...

e era seu segundo amor... e como se fosse o primeiro ela ficou sem saber o que fazer..sentia saudades d e tudo nele cada vez que se afastavam....

Lilian disse...

Olá!

Sou escritora e nesta minha visita ao seu blog vi que você é uma pessoa romântica, quero lhe fazer um convite, para que conheça o meu site de poesias.
www.umamulherumpoema.recantodasletras.com.br
Um grande abraço e sucesso.

Elton disse...

Adriana, 15 anos, estudante (solteira) = Ainda uma criança

Bruno, 19 anos, universitário (namorando) = Inexperiente

Cláudia, 25 anos, arquiteta recém-formada (noiva) = Sonhadora

Daniel, 30 anos, empresário (casado) = Homem de Sucesso

Eliane, 35 anos, advogada (casada, teve primeiro filho) = Realizada

Fausto, 40 anos, ativista político (divorciado) = Feliz por lutar pelo que acredita

Glória, 45 anos, dona de casa (casada, mãe, avó) = O mundo poderia acabar alí porque seu segundo nome é 'satisfação'

Homero, 50 anos, militar aposentado (viúvo, vive sozinho) = Triste pela família que não tem mais, mesmo depois do exemplo de homem que foi na guerra

...I...J...55 anos...K...L...M...70 anos...N...nunca se casou...O...80 anos...

Quando é que um ser humano se torna experiente? Talvez nunca! Afinal fulano pode ter vivido uma desilusão amorosa quando namorava a vizinha por exemplo, mas quem ou o que garante que num novo relacionamento ele saberá consertar o erro para não cometê-lo novamente, já que todas as pessoas são diferentes? O que era um erro para a vizinha, pode ser uma das virtudes que aquela mulher que ele conheceu quando sem querer se esbarraram na rua e daí surgiu uma grande "amizade" e ele por ter se corrigido, pode não se dar a chance novamente de ser feliz, enfim... Penso que ninguém é ou se torna experiente, mas usa da sensibilidade para saber como e quando agir nas mais diversas situações da vida.

Um senhor de 90 anos, contador de histórias, que vive numa cabana na beira do lago e já viveu diversos períodos políticos e econômicos do país, esteve em duas guerras, teve mais de 10 filhos, casou-se por 2 vezes e consegue até hoje manter um sorriso até mesmo para aquele viajante perdido que passa de carro na estrada próxima a cabana, é uma PESSOA EXPERIENTE???? Considere que todas as pessoas são diferentes. Minha auto-resposta é: NÃO, pois ele sabe do mundo dele, da vida dele e do que aconteceu com ela. Peça a ele que explique como ele faria hoje, em pleno século XXI para conquistar sua terceira esposa... O mundo gira, o tempo passa e somente nossas lembranças permanecem... Lembranças não se modificam, será necessário que se aprenda tuuuuudo de novo. Tudo que se faz é sempre a primeira vez.
************************************
É isso que penso TO.
Beijão!!! EU