sexta-feira, 3 de julho de 2009

A vida é mesmo psicodélica

Como perceberam uma das coisas que mais me incomoda nos ditos seres humanos é o olhar. Passaram a copiar a natureza morta e implantaram em si olhos de peixe morto. Também me incomoda a falta do sorriso. É comum vermos nos rostos indiferentes apenas um traço bem abaixo do nariz. Um traço sem expressão, porque ora é pesar, ora é... é...

[...]

As pessoas que escolhi para serem minhas amigas têm veneração. Não é veneração formal, de ir a algum lugar venerar algo. Falo de admiração, fascínio, amor. A veneração é uma nova visão sobre a realidade. E quem venera a vida, a saúda com um belo sorriso!

Quero que meus futuros filhos imitem a minha fascinação ao olhar o pôr-do-sol e que eles sorriem ao me ouvir dizer: "O Sr. Sol brilhou toda a manhã, agora é hora dele descansar". Que fiquem enlevados ao olhar para o céu em uma noite estrelada (com certeza vou suspirar ao ver as estrelas refletidas nos olhinhos deles). Isto é veneração!

A vida é tão psicodélica!

É cada flor linda que se abre, libera sua fragrância e faz vibrar o coração. É cada estrela reluzente que gera uma nova pulsação. É cada pássaro que canta conosco. É cada pessoa amorosa, feliz e cheia de esplendor que me faz admirar a vida e me fascinar por ela.

Aos meus amigos... o meu amor eros, philo e ágape!

É por isso que sempre ouço
o senhorzinho que limpa
o prédio
da Companhia dizer:
"Mas olha que sorriso bonito.
Sempre sorrindo, né?!"

Não precisamos esperar
até "sentir" amor.
Aja agora e ame.


3 comentários:

Lizzie disse...

Tamara, esse post é LINDO! Fiquei maravilhada.

Também me comove a falta de comoção das pessoas, a falta de expressão e de vontade, de pensamento e de impulso. As pessoas que são diferentes na regra (que não são assim), como você e alguns amigos virtuais e reais que tenho, dessas costumo gostar com muita força.


Beijos

Thiago Almeida disse...

Realmente, este seu texto é maravilhoso... Muito bom!


PARABÉNS!

betella's disse...

Quão valioso é um olhar e um sorriso sincero, quão deprimente é não podermos enxergar isso todos os dias. =/
Adoro venerar as estrelas e o luar,
e quando o faço, sim, minha flor se abre e libera toda sua fragrância. FAZ VIBRAR O CORAÇÃO!

Gostei muito, beijo tatazinha! :)